O Duplo Adiamento

The double postponement: men and women coping with childbearing intentions in their late 30s and early 40s

Projeto

Ter menos e mais tarde. Eis as duas tendências que caracterizam a evolução recente da natalidade em Portugal. Se era comum as mulheres nascidas na década de 1950 terem dois filhos, os dados apontam para que nas famílias em formação prevaleçam os filhos únicos. Se na década de 1980 era comum as mulheres terem o primeiro filho aos 23 anos, actualmente a transição para a parentalidade ocorre perto dos 30 anos.

«O Duplo Adiamento: as intenções reprodutivas de homens e mulheres depois dos 35 anos» é um projeto do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, que conta com a parceria científica da Universidade de Évora, e que tem como principal objetivo caracterizar e compreender as mudanças recentes nos comportamentos reprodutivos da população portuguesa. Como tal, a equipa de investigadores pretende recorrer a entrevistas aprofundadas a homens e mulheres e aos dados estatísticos dos Censos de 2011.

Mais informações sobre o projeto

O projeto na página do Instituto de Ciências Sociais

Anúncios

Informação

This entry was posted on Outubro 29, 2012 by .

Navegação

Anúncios